Pregação

10 Sermões que Desmotivam o Culto – Parte 1

sermoes-que-desmotivam-1

A tragicomédia de alguns púlpitos… 10 Sermões que Desmotivam o Culto.

Você já ouviu algum sermão ou mensagem que quase acabou com o culto? Você já ouviu aquele sermão nada haver? Se você respondeu: SIM! Você está no lugar certo.

Talvez seja esta uma das causas com maior potencial para desestimular o interesses pela pregação nos dias de hoje. Seria cômico se não fosse trágico, mas frequentemente é tragicômico.

Por isso, se você for tentado a rir lendo este post, pode rir, mas, por favor, chore comigo depois. Então vamos a nossa lista de…

10 SERMÕES QUE DESMOTIVAM O CULTO:

#01 Sermão Sedativo

Citado por Robson Moura Marinho, parece anestesia geral. Mal se inicia, e o povo começa a cochilar.

Caracteriza-se pelo tom de voz monótono, arrastado e pelo linguajar pesado, carregado de expressões arcaicas, de chavões: “irmãos, estamos chegando aos derradeiros meandros desta senda…”.

#02 Sermão Óbvio

É aquele que diz apenas o que todo mundo já sabe e está cansado de ouvir.

É como dizer: “irmãos quem está perdido não está salvo” etc. O mal não está em repetir temas relevantes da Bíblia, mas em não ser criativo ao fazer isso. É possível dizer o óbvio sem ser repetitivo.

O mesmo peixe pode ser preparado de diversas maneiras, pensa nisso.

#03 Sermão Pião

Roda, roda, roda e está sempre no mesmo lugar. Não evoluiu, não tem lugar de chegada, não avança, é repetitivo. Tem começo, mas não tem meio nem fim.

#04 Sermão Espada

Comprido, frio e chato. Esse sermão mata os ouvintes. Geralmente desprovido de unção, de conteúdo e de boa oratória.

Quanto mais chato e frio, mais longo. Poderíamos chamá-lo também de sermão-tortura.

#05 Sermão Quebra-Cabeça

O ouvinte tem que quebrar a cabeça para unir as partes e descobrir o sentido da mensagem. Os argumentos não se encaixam.

Não há uma sequência lógica nem coerência na transição de um tópico para o outro; enfim, o auditório sai confuso e cheio de perguntas.

#06 Sermão Shakespereano

É como a famosa frase do poeta e autor teatral inglês, William Shakespeare (1564-1616). Mesmo quem nunca leu Hamlet conhece o famoso “ser ou não ser, eis a questão”.

Assim o sermão shakespereano é aquele que deixa dúvida entre o ser ou não ser um sermão. Quando pregador termina de “pregar” pairam perguntas como:

  • Será que foi pregação?
  • Será que foi discurso?
  • Foi discurso político?
  • Talvez aula de filosofia?
  • Foi um show de humor?
  • Foi ou não um sermão? Eis a questão?

Isso porque o pregador não leu a Bíblia, ou leu, mas não explicou, não expôs, ou não seguiu nenhuma regra homilética etc.

#07 Sermão Titanic

Esse sermão é aquele que apesar de grande, belo, de última tecnologia homilético e hermenêutico e de possuir todos os aparatos, afunda antes de chegar ao porto, ao objetivo.

Começa bem, mas depois submerge e leva o auditório às profundezas geladas da confusão. Cuidado pregador, não embarque nesse sermão.

#08 Sermão Espoleta

Esse é aquele que faz barulho. Estala, enfumaça, exala cheiro de pólvora, acorda, está longe de ser sonífero, mas não atinge o alvo, pois não possui bala na agulha, apenas pólvora.

Parece até ungido, fogo puro, mas não possui doutrina, não possui Palavra ou propósito. Fez barulho, arrancou glórias e aleluia, mas o coração das pessoas não foi atingido. Emociona mas não convence.

#09 Sermão Gabriela

Nunca muda. Nunca melhora. Sua filosofia é retratada na música cantada por Gal Gosta: “eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim, Gabriela”.

O pregador não estuda, não compra livro, não aceito conselho, não se esforça, não ora, não pede graça ao Senhor. Não quer mudar. Acha que está bom assim. Assim não dá meu amigo(a).

#10 Sermão Chuchu

É aquele que pega qualquer gosto. Muito aberto a influências diversas. Às vezes tem gosto calvinista, às vezes tem paladar arminiano, às vezes o paladar é pentecostal, às vezes o gosto é batista, enfim não tem convicções fortes e firmes, muda conforme o tempero do momento.

Facilmente levado por novos ventos que sopram no arraial.

E aí o que achou desses 10 sermões que desmotivam o culto? Você já ouviu algum desses? Deixe seu comentário abaixo.

Em breve parte 2 (aguarde)…

Pr. Lucas Fernandes

Previous Article
Chamado por Deus, salvo por Cristo e cheio do Espírito Santo. Vamos mudar o mundowww o/